Hidrosul

Total: R$ 0,00

blog

Piso térmico, por que colocar na sua casa?

Postado em 15 de de 2018

Você sabia que o piso térmico ou piso aquecido é uma ótima opção para manter a sua casa quentinha no inverno, além de te ajudar a eliminar a umidade do piso e das paredes?

Isso acontece porque o piso térmico prove calor através de uma instalação de cabos calefatores abaixo do piso e, com isso, você não sente aquela sensação de sufocamento, falta de ar e de desconforto comum nos ambientes aquecidos por ar-condicionado.

Além de ser um aquecimento saudável para sua saúde, pois ajuda a eliminar fungos, mofo e ácaros, a instalação do piso térmico é extremamente segura.  

 

Ficou interessado?

A Hidrosul é referência na região sul do Brasil quando falamos em conforto térmico. Para ter informações técnicas e fazer orçamentos entre em contato com a nossa equipe pelo whatsApp http://bit.ly/hidrosul

 Saiba mais sobre o funcionamento do piso térmico em Piso térmico, mais uma solução para seu conforto

Piso térmico, mais uma solução para seu conforto

Postado em 27 de de 2018

A Hidrosul está sempre pensando no seu conforto térmico, seja no verão ou no inverno. E para as baixas temperaturas, uma de nossas dicas é o piso térmico, também conhecido como piso aquecido, piso radiante, piso elétrico, piso quente, aquecimento de piso ou sistema de calefação.

O conforto térmico está exatamente pelo fato do aquecimento vir do chão. Os pés mantêm-se aquecidos e, com isso, você não sente aquela sensação de sufocamento, falta de ar e de desconforto comum nos ambientes aquecidos por ar-condicionado.

O piso aquecido não movimenta partículas de pó e não queima oxigênio, mantendo a umidade do ar, ao passo em que elimina a umidade de pisos e paredes.

Além disso, o piso aquecido é o único sistema de aquecimento que contribui com a sua saúde, ajudando a eliminar fungos, mofo e ácaros, possibilitando um ambiente interno altamente saudável para os portadores de alergias e outras complicações respiratórias.


Como funciona?

O Piso Térmico permite que a gente controle a temperatura grau a grau, pois consiste em um sistema de aquecimento elétrico controlado por termostato digital ou analógico.

O processo de funcionamento é muito simples: Sob o piso são instalados cabos calefatores que ao serem ligados irradiam calor para todo o ambiente a partir do chão. Assim, o ar quente sobe e o ar frio desce.

Gostou e quer fazer um orçamento? Passe na Hidrosul, teremos prazer em levar conforto para sua casa. 

Fonte e fotos: Piso Térmico 

Hidrosul ganha Prêmio Prime 2018

Postado em 24 de de 2018

Na última sexta-feira, 20 de julho, Camaquã foi palco da 4ª edição do Prêmio Prime que consagra as marcar mais lembradas pelos camaquenses. E mais uma vez tivemos a honra de ser uma dessas marcas, a Hidrosul conquistou o prêmio por ser considerada a empresa mais lembrada na categoria piscinas.

A pesquisa do Prêmio Prime 2018 iniciou em setembro de 2017. Através de questionários, a população camaquense elegeu as marcas mais lembradas. 

O Prêmio Prime 2018 é realizado pelo Portal Clic Camaquã. Agradecemos a todos os parceiros, funcionários e clientes que nos ajudaram a chegar aos nossos 30 anos com o reconhecimento da comunidade.

Qual é o melhor sistema para aquecimento de piscinas?

Postado em 11 de de 2018

É recomendável você começar a pensar em colocar um sistema de aquecimento em sua piscina, pois assim você consegue aumentar o seu tempo de utilização. Segundo dados da Revista Piscinas & afins, na região sudeste do Brasil, uma piscina sem aquecimento tem uma ocupação média de 6 meses por ano e aqui na Região Sul do Brasil essa ocupação cai para 4 a 5 meses por ano.

E o interessante é que para aquecer uma piscina existente, praticamente não há necessidade de modificação na estrutura da piscina e do sistema hidráulico, gerando um baixo custo para torná-la utilizável também na primavera e outono.

 

Conheça os sistemas de aquecimento mais usados em piscinas

Os sistemas mais utilizados são o gás - natural ou gás GLP - , bombas térmicas,  solar e os elétricos resistivos. Vamos explicar cada um deles para que você possa escolher o que mais se adequa a sua piscina e ao seu orçamento.

Aquecedor a Gás

Em geral, os aquecedores a gás têm seu funcionamento através de uma operação de queima, produzindo uma chama com alta temperatura que atinge um trocador de calor do aquecedor por onde circula a água da piscina.

A operação de queima é bem parecida entre o aquecedor a gás natural e o aquecedor a gás GLP, porém eles possuem características diferentes.
A vantagem deste tipo de sistema é que ele é eficiente independentemente das condições climáticas, saindo na frente em relação aos aquecedores solares e as bombas de calor. Além disso, o preço de aquisição deste tipo de sistema é baixo e o de instalação no caso do gás natural, também pode ser considerado baixo.  
Já entre as desvantagens estão que este tipo de sistema é ecologicamente incorreto e o custo operacional é considerado alto.

Elétricos Resistivos

O aquecedor elétrico resistivo tem seu funcionamento por uma corrente elétrica, que passa por uma resistência produzindo o calor e este irá aquecer a água que circula por uma serpentina do aquecedor.

Entre suas vantagens estão o baixo custo de aquisição e instalação, porém apresenta um alto custo operacional e é recomendada apenas para spas e piscinas de pequeno porte.

 

Bombas térmicas

Assim como os Elétricos Resistivos, o aquecedor bomba de calor também tem sua fonte de energia a energia elétrica. Porém, a bomba térmica é um sistema de refrigeração semelhante ao da geladeira, mas utiliza o calor ao invés do frio.

Esse sistema tem um baixo custo operacional se comparado aos aquecedores a gás e elétrico resistivo, é ecologicamente correto e o ar frio produzido pode ser usado como ar condicionado. Entretanto, seu desempenho depende muito das condições atmosféricas e da temperatura em que a água se encontra, podendo não aquecer a água de forma efetiva no inverno.


Solar

No sistema de aquecimento solar a radiação do sol irá incidir em placas e aquecê-las. E o aquecimento se dá com a água circulando no interior dessas placas ou passando em tubos, aderidos as mesmas que passam o calor para água da piscina.

A vantagem deste sistema é que ele é ecologicamente correto e possui baixíssimo custo operacional. Já entre suas desvantagens é que esse sistema necessita de grandes espaços e sua eficiência está altamente relacionada ao tempo.

Dicas para sua piscina no inverno

Postado em 04 de de 2018

Manter a piscina limpa e livre das bactérias é uma tarefa complicada, principalmente no inverno quando esquecemos um pouco das piscinas. Para facilitar a sua vida, separamos algumas dicas que podem te ajudar nesta tarefa.

Dica 1
O ideal é que você limpe a sua piscina com a mesma frequência que no verão, porém você pode optar por usar alguns produtos que retardem esse processo como o Cloro Ação Contínua Flutuador da HTH. Ele garante água livre de bactérias por até 30 dias. Sua fórmula com Active Clear preserva a cristalinidade da água e previne a água verde.

Dica 2
Se sua piscina é aquecida, seus cuidados precisam ser redobrados quanto a aplicação do cloro, que tende a ser maior nesta época do ano, pois o sistema de aquecimento promove uma rápida decomposição do cloro; eleva o pH da água; aumenta evaporação da água e acelera o crescimento de microrganismos e proliferação de algas.

 

 

 

Dica 3 
Escolha produtos de qualidade, pois os de segunda linha normalmente possuem um efeito menor de durabilidade, fazendo que você tenha que limpar sua piscina com uma frequência excessiva.

Gostou das nossas dicas? 

Visite nossas lojas, temos todos os produtos que você precisa para limpar sua piscina.